Aromaterapia: você sabe o que é e como fazer?

Os óleos essenciais são coringas
n
a bolsa de doulas e outros profissionais de parto!

Os óleos essenciais podem ser seus aliados no trabalho de cuidar e contribuir para o reestabelecimento da saúde física e emocional de suas pacientes e clientes. 


Especialmente durante a gestação e o trabalho de parto, alguns óleos essenciais podem ser usados para acalmar e aquietar a mente ansiosa da gestante, dar ânimo e relaxar.

O óleo essencial de lavanda é um coringa na bolsa de doulas e profissionais do parto. Ele acalma, contribuí para o equilíbrio entre a razão e a emoção, transformando emoções negativas em positivas. Auxilia, também, no processo de dar esse profundo salto no escuro que é a maternidade. E por agir no alívio de dores musculares pode ser diluído em algum óleo vegetal para massagens.

Os óleos cítricos, como o de bergamota, despertam a alegria, desenvolvem a confiança e o foco.

O óleo de tea tree (ou melaleuca) limpa a mente de pensamentos perturbadores, além de ser um poderoso fungicida e bactericida, por isso é usado na gestação (ou mesmo não estando grávida) para combater a candidíase, além de ajudar na higienização das fraldas de pano modernas.

Aromaterapia – Menos é Mais! 

É possível usar aromatizadores à vela,
como esse da foto, ou…

Os óleos essenciais são produzidos a partir de princípios ativos de plantas e flores, em processos complexos de extração (confira aqui detalhes desses processos). Um bom exemplo da quantidade necessária da planta para a extração dos óleos é o óleo essencial de rosas: para extrair 3kg são necessárias TRÊS tonelada de pétalas… isso mesmo, 3.000 kg! Veja aqui mais alguns exemplos.

Por isso, é importante usa-los com cuidado, sempre seguindo a premissa de que menos é mais. 


A aromaterapia, ou seja, o uso terapêutico de óleos essenciais, ao contrário do que possa parecer, não se baseia no aroma da planta, mas sim nas propriedades desses diferentes princípios ativos. 

… um colar aromatizador pessoal de cerâmica
ou, ainda, um aromatizador elétrico!

Uma gota de óleo essencial de boa qualidade, portanto, concentra muitos princípios ativos. Então não se preocupe se, ao aquecer o óleo em seu aromatizador durante o atendimento em um trabalho de parto, não estiver sentindo muito o cheiro do que pingou. A ideia é que o aroma seja suave. Até porque, se houver óleo essencial em excesso, pode causar dores de cabeça ou vermelhidão e coceira na pele (em caso de banho ou massagem) ou outros efeitos colaterais.

Então, antes de usar, busque informação em fontes confiáveis! 


E ATENÇÃO: Se você tiver interesse em participar de workshops de aromaterapia, procure-nos pelo e-mail sacemporiomaterno@gmail.com

Muita sabedoria e luz no seu caminho!

Os segredos da bolsa da doula!

As mãos de uma doula são um presente, uma fonte de alívio, empatia e cuidado amoroso e respeitoso para a mulher que sente as dores necessárias do trabalho de parto! 

As mãos da doula atuam em conjunto com diversos itens que podem compor sua bolsa de trabalho. Um ou dois rebozos para chacoalhar os quadris e garantir um ambiente de cuidado e ancestralidade, porque as mulheres sabem parir desde tempos imemoriais. 

Óleos essenciais que estimulam ou acalmam, podem despertar na mulher seu instinto mamífero e bravo para enfrentar um dos momentos mais marcantes e inexplicáveis de sua vida. 

Bolsas térmicas de sementes e ervas aromáticas para aquecer o corpo, amenizar a dor e promover a coragem para “isso, menos uma contração e seu bebê está mais perto”. 

Acima de tudo, conhecimento baseado em evidências científicas atualizadas, empatia, amor, respeito e paciência… esses são os itens essenciais em uma bolsa de doula, que só com o tempo e a experiência é possível conquistar.