Parteiras urbanas! Você sabe quem são?

Os médicos obstetras não são os únicos profissionais treinados para a assistência à saúde da mulher durante a gestação e o parto. Pois sim!

As enfermeiras obstetras são formadas em enfermagem e possuem pós-gradução lato sensu em enfermagem obstétrica e as obstetrizes possuem formação superior em obstetrícia. Ambas podem cursar uma pós-graduação stricto sensu e se tornarem mestres e/ou doutoras na área.

As duas são qualificadas para acompanhar tanto o pré-natal quanto o parto de risco habitual, ou seja, quando a mulher não apresenta problemas de saúde que caracterizam as gestações de alto risco, como hipertensão, diabetes, infecções, doenças do coração e do aparelho circulatório ou cesarianas recentes.

As enfermeiras obstétricas e obstetrizes, desde o início de sua formação, acompanham e assistem partos naturais, conhecem e desenvolvem técnicas de manejo menos invasivas em caso de distócias (problemas) no decorrer do trabalho de parto. Elas têm capacitação para identificar problemas no pré-natal que, por ventura, necessitem da assitência mais específica de um médico obstetra.

No SUS, elas são responsáveis pelos Centros de Parto Normal intra e peri-hospitalares (como as Casas de Parto). Em equipes multidisciplinares, cujos profissionais entendem e respeitam as atribuições dos demais, as enfermeiras obstetras e obstetrizes desempenham importante papel, ao lado do médico obstetra, de assistência à mulher e ao bebê, No atendimento particular, elas podem formar equipes para a assistência de partos domicilares.

Informe-se e empodere-se para escolher de forma consciente os profissionais que melhor se encaixam no perfil de assistência que você busca para o seu parto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *